domingo, 29 de maio de 2011

MEU*

              Está parado, sem nada para dizer que deva ser lido ou escutado, a palavra ocupado sugere falta de tempo, mas não sugere esquecimento.
            Estou aqui, e sempre estarei, esteja em que parte do globo ou do universo estiveres. Eras meu,.. continuas a ser meu e seras sempre, eternamente meu, mas nao te prendo, se quiseres ir, eu deixo, pois sei que um dia terás de voltar novamente,.. ao lugar que pertences.

2 comentários:

Araúja Kodomo disse...

Simples mas bonito! Volta depressa :) *

Zuda disse...

gostoo :)